top of page

A PANDEMIA IGNORADA: 360 MILHÕES DE CRISTÃOS PERSEGUIDOS MUNDO AFORA – Raymond Ibrahim

“A pior perseguição de cristãos da história ocorreu” em 2021: 16 cristãos assassinados, em média, devido à sua fé, todo santo dia.

Os dados apresentados são da World Watch List-2022 (WWL-2022), recentemente publicada pela organização humanitária internacional Open Doors. O relatório, divulgado todos os anos, ordena os primeiros 50 países onde os cristãos sofrem as maiores perseguições por conta da sua fé. A WWL usa informações coletadas por equipes de campo e especialistas externos, para quantificar e analisar a perseguição nos quatro cantos do planeta.

Segundo o WWL-2022 que abrange o período que vai de 1º de outubro de 2020 a 30 de setembro de 2021, “mais de 360 milhões de cristãos sofrem altos níveis de perseguição e discriminação por conta da sua fé, um salto de 20 milhões de pessoas se comparado ao ano passado. O contingente representa um em cada sete cristãos do mundo inteiro. Aquele período registra os níveis mais altos de perseguição desde que a primeira lista foi publicada 29 anos atrás (…).”

Naquele mesmo período do relatório, 5.898 cristãos foram assassinados “devido à sua fé“, representando uma escalada de 24% em relação a 2021 (quando “apenas” 4.761 cristãos foram assassinados). Além disso, “6.175 fiéis foram detidos sem julgamento, presos, sentenciados ou encarcerados” e 3.829 foram sequestrados.

Talvez ainda mais indicativo do ódio ao cristianismo, 5.110 igrejas e outros edifícios cristãos (escolas, mosteiros, etc…), foram atacados e profanados.

Transformando os números acima em médias diárias, as estatísticas acima mostram que todos os dias, em todo o mundo, mais de 16 cristãos foram assassinados por dia por conta da sua fé, 27 foram detidos ilegalmente e presos por autoridades não cristãs (ou sequestrados por agentes não cristãos), e 14 igrejas foram destruídas ou profanadas.

0 visualização0 comentário
bottom of page