top of page

Arcebispo de São Paulo critica Lula por ser a favor do aborto

O arcebispo de São Paulo, dom Odilo Pedro cardeal Scherer, disse que é “uma declaração infeliz” a fala do pré-candidato a presidente pelo PT Luis Inácio Lula da Silva de que como pai é contra o aborto mas como chefe de Estado precisa “tratar o assunto como saúde pública”.

“O aborto, praticado individualmente ou promovido pelo Estado, acaba sempre provocando a supressão de vidas humanas”, disse o cardeal à ACI Digital.

Leia também

O ex-presidente Lula deu entrevista à rádio Super 91,7 FM, ontem (24).

“Eu, Lula, pai de cinco filhos, sou contra aborto e sempre fui. Agora, eu, chefe de Estado, preciso tratar o assunto como saúde pública. Pessoalmente é meu pensamento, mas como vou tratar isso como chefe de Estado?”

“Muita gente é contra aborto, mas corre para outros países para fazer escondido, enquanto isso mulheres morrem na rua”, disse Lula. “Cabe ao Estado dar a essas pessoas capacidade de tratamento digno, esse é o papel do Estado”, disse.

Leia também

O pré-candidato disse não ter medo de pautas polêmicas como a do aborto, cuja legalização é apoiada por apenas 16,6% da população brasileira segundo pesquisa do Instituto Orbis feita para o site Diário do Poder “Quando apresentar, vai ser discutida no fórum adequado, que é o Congresso Nacional.”

Procurada pela ACI Digital para comentar a fala de Lula, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) disse que “não comenta fala de candidatos”.

1 visualização0 comentário

Commentaires


bottom of page