top of page

Arquidiocese realiza ato de reparação após profanação na catedral de Salvador

Uma grave profanação contra o Santíssimo Sacramento ocorreu na Catedral Basílica de do Santíssimo Salvador durante a Missa de 7° dia do Cardeal Dom Geraldo Majella Agnelo. Um homem entrou na fila da comunhão e, após receber o Corpo de Cristo em suas mãos, profanou Santíssimo Sacramento quebrando-o e dizendo: “Este não é o Corpo de Cristo”.

“Somos chamados a mostrar amor e reverência Àquele que é fonte de todo amor e que não foi amado por todos devidamente”, disse o bispo auxiliar de Salvador (BA) dom Marco Eugênio Galrão, ao celebrar ontem (3) um ato de reparação na catedral basílica do Santíssimo Salvador, no centro da capital baiana. A celebração aconteceu porque na sexta-feira (1º) um homem quebrou a Eucaristia durante a missa e gritou que a hóstia consagrada “não é o corpo de Cristo”.

“Foi um momento de desrespeito, de profanação”, disse o bispo auxiliar.


A profanação aconteceu durante a missa de sétimo dia da morte do arcebispo emérito de Salvador, cardeal Geraldo Majella Agnelo. No momento da comunhão, um homem entrou na fila e recebeu a Eucaristia nas mãos, mas não a consumiu. Ele saiu da fila, virou para a assembleia, ergue a hóstia e a quebrou, gritando: “isso não é o corpo de Cristo”. A celebração estava sendo transmitida ao vivo.

Imediatamente, um padre foi até o homem e conseguiu recuperar a hóstia.

O homem foi contido por algumas pessoas e retirado da igreja. Segundo o site ‘Correio 24 horas’, ele foi levado para a polícia, mas não se tem informações se será prestada queixa. O site diz ainda que o indivíduo, que não teve a identidade revelada, “está em situação de rua e é conhecido na região”.

Após o ocorrido, foi celebrado ontem o ato de reparação, que precedeu a missa das 10h. “Fomos desrespeitados dentro da nossa casa, estávamos dentro do nosso espaço celebrando o maior mistério da fé. O que estamos fazendo aqui hoje é um ato de reparação. Ele foi quem ofendeu, mas nós vamos dar amor ao Senhor por aqueles que não o amam e que o ofenderam”, disse o bispo auxiliar de Salvador.

Fonte: ACI Digital

0 visualização0 comentário

Comentarios


bottom of page