top of page

Batismo de Transgêneros e Homossexuais como Padrinhos

Nesta quarta-feira, 08 de novembro, o Discatério para a Doutrina da Fé, publicou um documento, aprovado pelo Papa Francisco, que torna possível o batismo de pessoas transgêneras, assim como pares Homossexuais serem padrinhos de batismo e testemunhas de casamento.

As consequências de tal abertura podem ser catastróficas, uma vez que a Igreja se coloca na situação dramática de ter que corroborar uma mentira, batizando um homem como se fosse uma mulher e vice-versa.

Ao admitir a possibilidade de duplas homossexuais serem padrinhos de batismo, se joga no lixo a exigência do Direito Canônico de que os padrinhos tenham uma vida católica exemplar, além de fornecer à criança (ou pessoa) batizada um modelo errado de vivência da fé.

Essas e outras decisões do atual pontificado estão causando crescente perplexidade, confusão e desorientação entre os fiéis. E isso é apenas uma pequena amostra da revolução que boa parte das atuais lideranças da Igreja querem implantar com sua sinodalidade.

Para assistir, acesse:


2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page