top of page

CAPÍTULO II – Dos Mandamentos que se referem a Deus – Parte 2

§ 2° Do segundo Mandamento da Lei de Deus

372. Que nos proíbe o segundo Mandamento: Não tomar seu Santo Nome em vão?

O segundo Mandamento: Não tomar seu Santo Nome em vão, proíbe-nos:

1° Pronunciar o nome de Deus sem respeito.

2° Blasfemar contra Deus, contra a Santíssima Virgem ou contra os Santos.

3° Fazer juramentos falsos ou desnecessários ou proibidos desta ou daquela maneira.

373. Que quer dizer pronunciar o Nome de Deus sem respeito?

Pronunciar o Nome de Deus sem respeito quer dizer: pronunciar este Santo Nome e tudo o que se refere de modo especial ao próprio Deus, como o Nome de Jesus Cristo, de Maria e dos Santos, com ira, por escárnio ou de outro modo pouco reverente.

374. Que é a blasfêmia?

A blasfêmia é um pecado horrível que consiste em palavras ou atos de desprezo ou maldição contra Deus, contra a Virgem, contra os Santos ou contra as coisas santas.

375. Há diferença entre a blasfêmia e a imprecação ou praga?

Há diferença, porque com a blasfêmia se amaldiçoa ou se deseja mal a Deus, a Nossa Senhora e aos Santos; ao passo que, com a imprecação ou praga, se amaldiçoa ou se deseja mal a si mesmo ou ao próximo.

376. Que é jurar?

Jurar é tomar a Deus em testemunho da verdade do que se afirma ou se promete.

377. É sempre proibido jurar?

Não é sempre proibido o juramento, mas é lícito e até honroso para Deus, quando há necessidade e se jura com verdade, discernimento e justiça.

378. Quando não se jura com verdade?

Quando se afirma com juramento o que se sabe ou se julga falso, e quando com juramento se promete o que não se tem a intenção de cumprir.

379. Quando não se jura com discernimento?

Quando se jura sem prudência nem madura ponderação, ou por coisas de pequena importância.

380. Quando não se jura com justiça?

Quando se jura fazer uma coisa que não é justa ou permitida, como jurar vingar-se, roubar e outras coisas parecidas.

381. Somos obrigados a cumprir o juramento de fazer coisas injustas ou proibidas?

Não só não somos obrigados, mas pecaríamos fazendo-o, porque são proibidas pela lei de Deus ou da Igreja.

382. Quem jura falso, que pecado comete?

Quem jura falso comete pecado mortal, porque desonra gravemente a Deus, verdade infinita, chamando-O em testemunho do que é falso.

383. Que nos ordena o segundo Mandamento?

O segundo Mandamento ordena-nos que honremos o Santo Nome de Deus, e que cumpramos, além dos juramentos, também os votos.

384. Que é um voto?

Um voto é uma promessa feita a Deus de uma coisa boa, para nós possível e melhor que a coisa contrária, a que nós nos obrigamos como se nos fosse preceituada

385. Se a observância do voto se nos tornasse no todo ou em parte muito difícil, que haveria a fazer?

Podia-se pedir a comutação ou a dispensa ao Bispo próprio, ou ao Sumo Pontífice, conforme a qualidade do voto.

386. É pecado transgredir os votos?

O transgredir os votos é pecado, e por isso não devemos fazer votos sem madura reflexão, e ordinariamente sem o conselho do confessor ou de outra pessoa prudente, para não nos expormos ao perigo de pecar.

387. Podem fazer-se votos a Nossa Senhora e aos Santos?

Os votos fazem-se só a Deus; pode-se, porém, prometer a Deus fazer alguma coisa em honra de Nossa Senhora ou dos Santos.

§ 3° Do terceiro Mandamento da Lei de Deus

388. Que nos ordena o terceiro Mandamento: Guardar domingos e festas?

O terceiro Mandamento: Guardar domingos e festas ordena-nos que honremos a Deus com obras de culto nos dias de festa.

389. Quais são os dias de festa?

Na Antiga Lei, eram os sábados e outros dias particularmente solenes para o povo judeu; na Lei Nova, são os domingos e outras festividades estabelecidas pela Igreja.

390. Por que na Lei Nova se guarda o domingo e não o sábado?

O domingo, que significa dia do Senhor, substituiu o sábado porque foi em dia de domingo que Nosso Senhor Jesus Cristo ressuscitou.

391. Que obra de culto nos é preceituada nos dias de festa?

É-nos preceituado assistir devotamente ao Santo Sacrifício da Missa.

392. Com que outras obras costuma um bom cristão santificar as festas?

Um bom cristão santifica as festas:

1.o Assistindo à doutrina cristã, às pregações e aos ofícios divinos.

2.o Recebendo com frequência, com as devidas disposições, os Sacramentos da Penitência e da Eucaristia.

3.o Dando se à oração e às obras de caridade cristã para com o próximo.

393. Que nos proíbe o terceiro Mandamento?

O terceiro Mandamento proíbe-nos os trabalhos servis e qualquer obra que nos impeça o culto de Deus.

394. Quais são os trabalhos servis proibidos nos dias santos?

Os trabalhos servis proibidos nos dias santos são os trabalhos chamados manuais, isto é, aqueles trabalhos materiais em que tem parte mais o corpo do que o espírito, como os que ordinariamente são próprios dos servidores, dos operários e dos artífices.

395. Que pecado se comete trabalhando em dia santo?

Trabalhando em dia santo, comete-se pecado mortal; não obstante, não há culpa grave se o trabalho dura pouco tempo.

396. Não há nenhum trabalho servil que seja permitido nos dias santos?

Nos dias santos são permitidos aqueles trabalhos que são necessários à vida ou ao serviço de Deus, e os que se fazem por uma causa grave, pedindo licença, se possível, ao próprio pároco.

397. Por que nos dias santos são proibidos os trabalhos servis?

São proibidos nos dias santos os trabalhos servis a fim de que possamos melhor dedicar-nos ao culto divino e à salvação da nossa alma e para repousar das nossas fadigas. Por isso não é proibido entregar-se a divertimentos honestos.

398. Que mais devemos evitar de modo especial nos dias santos?

Nos dias santos devemos evitar principalmente o pecado e tudo o que possa induzir-nos a ele, como são os bailes e outras diversões e reuniões perigosas.

0 visualização0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page