top of page

CAPÍTULO IV – Da invocação dos Santos

CAPÍTULO IV Da invocação dos Santos

339) É coisa boa e útil recorrer à intercessão dos Santos?

É coisa utilíssima invocar os Santos, e todo o Cristão o deve fazer. Portanto, devemos invocar particularmente nossos Anjos da Guarda, São José, protetor da Igreja, os Santos Apóstolos, o Santo do nosso nome e os Santos protetores da diocese e da paróquia.

340) Que diferença há entre as orações que fazemos a Deus e as que fazemos aos Santos?

Entre as orações que fazemos a Deus e as que fazemos aos Santos, há esta diferença: que a Deus, invocamo-Lo a fim de que, como autor das graças, nos dê os bens e nos livre dos males, e aos Santos, invocamo-los para que, como advogados junto de Deus, intercedam por nós.

341) Que queremos dizer, quando dizemos que um Santo concedeu uma graça?

Quando dizemos que um Santo concedeu uma graça, queremos dizer que esse Santo obteve de Deus aquela graça.

1 visualização0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page