top of page

CONSAGRAÇÃO COM CONVERSÃO – Padre Santiago Martín

Em 1917, numa aldeia remota em Portugal, Fátima, a Virgem apareceu a três crianças que cuidavam do seu rebanho de ovelhas, Lúcia, Jacinta e Francisco. É possível que, a esse lugar remoto, tivessem chegado as notícias que uma guerra cruel estava grassando na Europa, começada três anos antes. As aparições tiveram lugar entre 13 de Maio e 13 de outubro do mesmo ano. Em julho, a Santíssima Virgem disse, às crianças espantadas, que deviam pedir ao Papa que consagrasse a Rússia ao seu Imaculado Coração, caso contrário esse país “espalhará os seus erros por todo o mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja”. O bem será martirizado, o Santo Padre terá de sofrer muito, várias nações serão aniquiladas. Mas, no final, o meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre me consagrará a Rússia, esta será convertida e o mundo desfrutará de um período de paz”.

Se é difícil para as três crianças videntes terem sido informadas sobre a guerra, é ainda mais difícil para elas terem ouvido falar da Rússia. E, sobretudo, era impossível para elas saberem, em julho, que a 25 de outubro desse mesmo ano (7 de novembro no calendário ocidental) iria ter lugar, na Rússia, uma revolução que iria derrubar o Czar e instalar, no seu lugar, o regime comunista que causaria tantos danos ao mundo e destruiria tantas vidas e nações.

Os Papas não levaram as revelações de Fátima muito a sério no início, mas gradualmente viraram os olhos para ela, à medida que viam o perigo que a União Soviética estava se tornando. De forma velada, para não ofender os soviéticos, foram feitas consagrações ao Imaculado Coração que a Irmã Lúcia, a única vidente viva de Fátima, disse não cumprir as condições impostas por Nossa Senhora. Em 1984, São João Paulo II voltou a fazê-lo, juntamente com os bispos de todo o mundo que queriam participar, mas, mesmo neste caso, a Rússia foi mencionada apenas indiretamente. Apesar disso, a Irmã Lúcia aceitou esta consagração e, cinco anos mais tarde, o Muro de Berlim caiu. Era o início do fim da União Soviética.

Perante a situação de guerra na Ucrânia, invadida pela Rússia, os bispos católicos de rito latino pediram ao Papa para reconsagrar ambos os países, Rússia e Ucrânia, ao Imaculado Coração de Maria, pedindo a Deus que acabasse a guerra. O Papa aceitou este pedido e o cumprirá no dia 25 de março, solenidade da Encarnação do Senhor. Irá fazê-lo em conjunto com muitos bispos, que já manifestaram apoio ao ato.

Stalin respondeu de forma famosa a Churchill, quando a Europa estava sendo dividida, após a Segunda Guerra Mundial, e o inglês perguntou como se sentiria o Papa, vendo tantas nações católicas sob o domínio comunista. “Quantas divisões de tanques tem o Papa?”, o assassino russo respondeu com outra pergunta, pensando que isso resolvesse a questão.

O Papa não tem divisões blindadas, mas nós, católicos, temos o formidável poder da oração. É a nossa principal arma. São João Paulo II utilizou-o em 1984 e a União Soviética caiu. Agora voltará a ser utilizado e botará fim a esta guerra fratricida.

Mas a consagração que Nossa Senhora pede não é apenas a formulação de orações. Em Fátima, Nossa Mãe pediu-nos conversão e penitência. A Ucrânia está sofrendo um martírio desumano, mas não devemos esquecer que é o país com mais clínicas de úteros de aluguel, devido a uma legislação que não se opõe à subserviência, desde que traga moeda estrangeira. O aborto é completamente livre até três meses e tem muito poucas restrições até aos sete meses de gravidez. O Presidente Zelensky, que é visto como um herói no Ocidente, pronunciou-se várias vezes a favor de um maior alargamento do aborto. A ideologia do gênero enraizou-se no país e os bispos católicos de tradição grega pronunciaram-se contra ela, mas sem êxito.

É por isso que, juntamente com a consagração para acabar com a guerra, devemos pedir conversão para acabar com a outra guerra, a do aborto, que também está matando milhares de seres humanos inocentes. Sem conversão e penitência, não haverá paz.

0 visualização0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Commentaires


bottom of page